O Vale do Capão

Descubra os encantos do Vale do Capão

Subdistrito do município de Palmeiras, a 445 km de Salvador, o Vale do Capão abriga paisagens deslumbrantes e únicas. Formado por montanhas, cachoeiras imponentes, vegetação de mata atlântica e cerrado, o cenário atrai visitantes do mundo todo. As trilhas da região levam o turista a cartões postais como a Cachoeira da Fumaça, segunda maior queda d'água do mundo, as piscinas naturais de Águas Claras e o Vale do Pati, um dos trekkings mais cênicos do mundo.
Envolto por uma aura mística, o Vale já passou por diversas fases, como o auge do ciclo do diamante e do café entre os séculos XIX e primeira metade do século XX, bem como períodos de escassez e pobreza. A partir dos anos 1980 a região voltou a ganhar atenção, desta vez de jovens que saiam dos grandes centros urbanos em busca de um novo estilo de vida.
Atualmente, o turismo é a principal fonte de renda de quem vive aqui. Conhecido como esquina do mundo, o Vale do Capão abriga gente do mundo todo: França, Itália, Espanha, Chile, Suíça, Alemanha, Japão, uma verdadeira Torre de Babel onde todos se entendem.
Além dos atrativos naturais, os visitantes também podem usufruir de terapias holísticas, música, arte e uma culinária única e surpreendente. Desde um bom arroz e feijão para repor as energias depois da trilha passando por iguarias locais como a moqueca de palmito de jaca até pizzas vegetarianas, massas e risotos, o que não falta é opção!
AVISO IMPORTANTE 1: No Vale do Capão não há cobertura de celular, de qualquer operadora, e nem bancos ou caixas eletrônicos. Clientes Bradesco podem realizar saques no mercado Flamboyam, apenas em dias úteis e de acordo com a disponibilidade de dinheiro em caixa. Alguns estabelecimentos aceitam cartão mas metade deles não.

AVISO IMPORTANTE 2: Para quem vem de carro ou de moto pela BR 242 entrando em Palmeiras preste atenção no nível do seu tanque de combustível pois está será a última chance de abastecer o veículo antes de seguir para o Vale do Capão.